sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Finalmente é sexta-feira

Em tempos de crise, como se pode imaginar, são mais fáceis de descobrir as notícias dos restaurantes que fecham do que os que abriram as portas.

Um caso muito recente é o mediático Unique da estilista Fátima Lopes, que, após seis meses da sua abertura, fechou oficialmente as portas - má gestão ou falta de clientes?

A cozinha do João Simões não foi certamente a responsável.

Mesmo ao lado deste espaço, também em Lisboa, na rua do Loreto n.º 21, junto ao largo de Camões, abriu um novo espaço: o Sea Me - Peixaria Moderna.

Conceito arrojado e provavelmente condenado ao sucesso, agradou-me bastante, pois pretende ser uma homenagem às peixarias, às marisqueiras, às cervejarias, aos sushi-bar, mas com um twist de contemporaneidade.

A fórmula passa por pesquisar os sabores e receituários do litoral português e seleccionar as melhores matérias-primas, tendo mesmo viveiros próprios.

Mais uma boa notícia!
Tel: 213 461 564.
www.peixariamoderna.com

Para quem gosta de comida exótica, ou melhor, nepalesa, Lisboa conta agora com um novo espaço, no 172A da Elias Garcia junto à Gulbenkian - a Casa Nepalesa.

O chefe e proprietário deste espaço, Giovanni, partilha o seu esforço de trabalho com o Come Prima (restaurante italiano) e, já como tinha feito com o outro espaço, dotou-o de uma boa gastronomia.

Aqui poderá comer as kukhura singada (chamuças à moda dos "himalayas"), patre Roti (pão folhado com manteiga), entre outras.

O meu conselho é escolher o thali vanchha ghar (menu de degustação) que dá para duas pessoas e custa €29,90.

Se, como eu, tiver dificuldade em arranjar lugar, estacione no parque Berna, que o restaurante oferece 2h aos clientes.

Tel: 217 979 797
www.casanepalesa.pt

Voltando às más notícias, o chefe francês Aimé Bayrroer, que tinha assumido a cozinha do restaurante Ipsylon do novo cinco estrelas de Cascais, The Oitavos, não teve tempo para mostrar a sua cozinha - pois ainda agora abriu a porta e já recebeu o salvo-conduto para procurar novo emprego - é a crise? Ou foi uma crise?

Dentro do grupo das boas novidades, está a mudança de local do Tomba Lobos, do chefe José Júlio Vintém, da remota terra de Pedra Basta para dentro de Portalegre.

Agora, pode e deve provar as iguarias deste talentoso cozinheiro na Av. Movimento das Forças Armadas em Portalegre.

Aproveite para ir nesta época e comer uma das suas fantásticas perdizes, acompanhada por um vinho alentejano cheio de fulgor.

Tel: 245 331 214

Termino com uma grande notícia: as equipas olímpicas de culinária trouxeram para Portugal duas medalhas.

A de ouro para a equipa júnior e a de prata para a equipa sénior!

É, mais uma vez, o reconhecimento internacional do valor da nossa gastronomia e dos nossos cozinheiros.

Parabéns às duas equipas e aos seus treinadores (Chefs Paulo Pinto, António Bóia e Celestino Grave ), que acabaram de chegar da ExpoGast que se realizou no Luxemburgo.

Visite e felicite as nossas equipas no blogue: equipasolimpicasdeculinaria.wordpress.com.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt.

Texto publicado originalmente no Lifestyle do diário OJE a 26 de Novembro de 2010

4 comentários:

Anónimo disse...

Já fui ao restaurante sea me e não recomendo, o peixe não era fresco e pedi uma sobremesa com café que veio frio frio. E a relação qualidade preço também não me convenceu.

Cumps gastronomicos

João Menezes

EuSouGourmet disse...

Obrigado pelo comentário e aviso João.
Vou voltar lá para ver o que se passa,
Cump
Vicente

Anónimo disse...

Exmo. Sr. João Menezes,


O peixe e marisco chegam diariamente ao SEA ME-Peixaria Moderna, vindos de Peniche e Olhão respectivamente, sendo assegurados pela visita diária de um biólgo que acompanha e supervisiona os padrões de qualidade da oferta que disponibilizamos.


Encaramos toda e qualquer critica como construtiva, pelo que agradecemos o envio da mesma e informamos que já foi alvo da mais atenta análise pelas equipas (cozinha e sala) que gerem o projecto SEA ME - Peixaria Moderna.

Não podiamos deixar contudo de reafirmar a certeza da qualidade das matérias-primas que utilizamos e com foque especial para o peixe e marisco.

Deixamos-lhe o convite de se deslocar novamente ao SEA ME - Peixaria Moderna e teremos todo o gosto em efectuar-lhe uma visita aos nossos viveiros e à forma como asseguramos a qualidade dos nossos produtos.


Atentamente

A Gerência
SEA ME Peixaria Moderna

lisbonlove disse...

O único problema do SEA ME é a acústica da sala. De resto, como escrevi aqui http://lisbonlove.wordpress.com/ nunca me decepcionou :-)